• Ícone do Vimeo Branco
  • Ícone do Youtube Branco
  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Instagram Branco
Paisagem

   Em destaque   

Elize Matsunaga: Era uma vez um crime

Elize Matsunaga: Era uma vez um crime

Reproduzir vídeo

Eliza Capai assina a direção de "Elize Matsunaga: Era uma vez um crime"

 

Pela primeira vez após o caso, a ré confessa quebra o silêncio em entrevista para nova série documental da Netflix, que traz ainda depoimentos de familiares e colegas de Elize e da vítima, além de especialistas que acompanharam as investigações. Traz também os detalhes que sucederam o fato, desde tentativas de acobertamento do crime, passando pela confissão, prisão, julgamento e também saídas temporárias, que foram acompanhadas pela equipe de filmagem.

Longas

O Jabuti e a Anta _ The Tortoise and the Tapir

O Jabuti e a Anta _ The Tortoise and the Tapir

A seca em São Paulo é o ponto de partida da viagem. Inquieta com as imagens dos reservatórios vazios no sudeste do Brasil, uma documentarista busca entender estas obras faraônicas, agora construídas no meio da floresta Amazônica. Entre os rios Xingu, Tapajós e Ene, ecoam vozes de ribeirinhos, pescadores e povos indígenas atropelados pela chegada do chamado desenvolvimento. Um boat movie e uma reflexão sobre os impactos de nossos estilos de vida. ------------------ Ficha técnica Direção: Eliza Capai Produção Executiva: Marina Yamaoka Produção: Marina Yamaoka, Eliza Capai Roteiro: Eliza Capai, Carol Quintanilha Direção de Fotografia: Eliza Capai, Carol Quintanilha Montagem: Eva Randolph, edt, Eliza Capai Assistente de Edição: Alice Furtado Still: Carol Quintanilha Fotos adicionais: Eliza Capai, Lilo Clareto, Loiro Cunha, Protásio Nene/Agência Estado Correção de Cor: Fernando Gutierrez e Hugo Cuccurullo Finalização: daesquina Produção Audiovisual Desenho de Som: Pedro Cortez Narrado por: Letícia Sabatella Mixagem: Pedro Cortez Trilha: Fábio Goes, Tami Belfer Co-produção: Greenpeace, Usina da Imagem, daequina Produção Audiovisual, 1979 Music Lab & Collab Música: "Altamira" - Ruspo Álbum: Esses Patifes [2013] Artista: Ruspo Selo: Um Distante Maestro Discos Ilustrações: Cauê Carazzai Gravado na estrada em Santos, Campinas e São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Altamira e Belém (PA) e Campo Grande e Dourados (MS), entre 2010 e 2013. Mixagem e masterização: ruspo e alexis gotsis Cartaz e arte impressa: Andre Mantelli, Estela Miazzi, Maria Capai, Marina Quintanilha Transcrição: Marina Yamaoka Lista de diálogos: Paula Bara Legenda Inglês: Melissa Harkin Translations Legenda Espanhol: Melissa Harkin Translations

Curtas, Médias e Séries

 
 
 
 

 

Diretora de documentários

com temas relacionadas a gênero e sociedade

Eliza assina a direção da primeira série brasileira true crime original Netflix. "Elize Matsunaga: Era uma vez um crime" entrevista pela primeira vez a ré confessa de um dos crimes mais famosos do país.

 

Seu terceiro longa, "Espero tua (re)volta", estreou na Berlinale (2019), com os prêmios da Anistia Internacional e o da Paz. O documentário participou de mais de 100 festivais, e ganhou mais de 20 prêmios.

 

Em 2016, lançou seu segundo longa: “O jabuti e a anta” reflete sobre as gigantes hidrelétricas amazônicas através de ribeirinhos e indígenas.

 

Em 2014 seu curta “Severinas”, sobre a autonomia feminina no sertão, foi finalista do Prêmio Garcia Marques de Jornalismo Ibero-americano.

 

Seu primeiro longa, "Tão Longe é Aqui" (2013), discute a situação feminina a partir de uma viagem pela África e foi lançado com o prêmio de Melhor Filme na Mostra Novos Rumos do Festival do Rio, entre outros prêmios no Brasil e no exterior.

Eliza assina a direção e roteiro de diversos curtas-metragens e séries para TV e web, incluindo "#Resistência" (2017), lançando de forma independente em mais de 80 cidades, o premiado "No devagar depressa dos tempos", e a série "É proibido falar em Angola" realizada em parceria com a Agência Publica de Jornalismo Investigativo.​

Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo,

Eliza completou sua formação como bolsista no OpenDocLab/MIT.​

Eliza Capai